O Taubaté já conhece seu caminho na segunda fase da Copa Paulista. Depois dos resultados deste sábado, o Burro da Central enfrentará Novorizontino, XV de Piracicaba e Ituano na sequencia do torneio estadual.

Nesta tarde, o Alviazul foi superado por 2 a 0 pelo Bragantino, equipe que conquistou o acesso para a Série B do Campeonato Brasileiro semanas atrás. Jogando em casa e com a maioria de seus titulares, os mandantes marcaram no primeiro tempo, com Adriano Paulista e Gustavo Vintecinco.

O time do técnico Marcelo Martelotte terminou a primeira fase com 24 pontos conquistados, sendo sete vitórias, três empates e duas derrotas. Com isso, ficou com a terceira melhor campanha geral da competição.

Agora, o Taubaté espera o conselho técnico da Federação Paulista de Futebol que vai definir datas, mandos e horários das partidas da segunda fase, que terá grupos de quatro times, onde os dois melhores após turno e returno avançam para a fase mata-mata.

PRIMEIRO TEMPO

Em campo com suas principais estrelas, o Bragantino abriu o placar logo no primiero minuto, com o camisa 10 Adriano Paulista, após jogada pela direita. Depois de algumas tentativas de investida, o time da casa marcou o segundo com Gustavo Vintecinco aproveitando cruzamento. As duas jogadas foram alvos de reclamações alviais, por posições duvidosas.

O Taubaté via a bem postada defesa mandante, e tentava chegar no gol de Alex invertendo bolas e aproveitando seus pontas. O Bragantino, no entanto, não dava espaços, e o Alviazul só conseguiu arriscar finalizações de longa distância, especialmente com Guarú.

SEGUNDO TEMPO

Mais disposto na segunda etapa, o Burro começou a assustar. Com boas jogadas pelas laterais, o Taubaté teve oportunidades com Dill e Gabriel Davy, aproveitando rápidos passes nas costas da defesa. O Bragantino podia ter marcado mais um, mas Rafael Roballo fez grande defesa em cobrança de pênalti de Anderson Ligeiro -- sua segunda penalidade defendida no campeonato. 

O Burro ainda seguiu tentando, em finalizações de Sávio e Gabriel Dayv, mas defendidas pelo goleiro Alex. No fim, a classificação, que já estava assegurada, veio com a terceira melhor campanha da competição.

TAUBATÉ
Rafael Roballo, Cesinha, Hugo, Henrique; Jean, Moradei, Guarú (Sávio), Michael (Hiago); Claudinho (Gabriel Davy), Dill e Jeffinho.
T: Marcelo Martelotte.