No último sábado, despedida do Taubaté na Copa Paulista, a cena que chamou atenção dos torcedores não esteve dentro de campo, e sim fora das quatro linhas. O jovem Joaquim, de apenas 11 anos, foi flagrado chorando nas arquibancadas do Joaquinzão, comovendo também atletas, comissão técnica e diretoria do Burro da Central.

Diante disso, o clube convidou o garoto para conhecer o gramado da nossa casa. Ele só não esperava uma surpresa: na reapresentação do elenco, os jogadores o presentearam com uma camisa oficial, autografada por todos que participaram da campanha alviazul na Copa Paulista.

Joaquim, que vem de uma família fanática pelo Taubaté, pode jogar bola com os atletas taubateanos e também conhecer o técnico Marcelo Martelotte. 

"É um sinal de que existe uma nova geração de torcedores que a gente precisa resgatar. Isso cabe a nós que trabalhamos no Taubaté, diretoria fazer um trabalho para esse resgate do nossos torcedores", disse o técnico. "Tenho certeza que existe muita gente na cidade com vontade de assistir futebol nesse nível que jogamos na Copa Paulista, e espero que nosso trabalho traga mais garotos como esse para dentro do Joaquinzão", completou Martelotte.

Após a Copa Paulista, o Taubaté já treina em pré-temporada, de olho na briga pelo acesso na Série A2 do Campeonato Paulista de 2019. E espera ver Joaquim e outros jovens da nova geração vibrando e apoiando no Joaquinzão.

Assista ao vídeo:

(Fotos: Bruno Castilho / EC Taubaté)